9 de jul de 2012

Saída do Pedro Leonardo do Hospital

Alegria!!!  Alegria!!!   Alegria!!!

Vejam os links com notícias sobre a saída do Pedro Leonardo.


http://caras.uol.com.br/noticia/leonardo-nao-esconde-emocao-em-buscar-pedro-no-hospital#image1

http://g1.globo.com/sao-paulo/fotos/2012/07/multidao-acompanha-saida-de-pedro-leonardo-do-hospital.html#F501303

http://ego.globo.com/famosos/noticia/2012/07/pedro-leonardo-deixa-o-hospital-em-sao-paulo.html


Pedro Leonardo deixa hospital: 'Vou para casa comer uma galinhada'

Cantor passou mais de dois meses internado, após acidente de carro. 'Daqui a quatro ou seis meses ele vai voltar a cantar', disse médico.

O cantor Pedro Leonardo saindo do Hospital (Foto: Iwi Onodera / EGO)O cantor Pedro Leonardo deixa o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, e ganha o carinho do pai e do primo, os cantores Leonardo e Thiago (Foto: Iwi Onodera / EGO)
Depois de 80 dias internado, se recuperando de um acidente de carro sofrido no dia 20 de abril, o cantor Pedro Leonardo teve alta e deixou o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, no início da tarde desta segunda-feira, 9. Sorridente, ele saiu acompanhado do pai, Leonardo, e do primo, Thiago, e parou para conversar com fãs e a imprensa.
O cantor Pedro Leonardo saindo do Hospital (Foto: Iwi Onodera / EGO)O cantor Pedro Leonardo e o pai, Leonardo,
na saída do hospital (Foto: Iwi Onodera / EGO)
"Obrigado pelas orações. Obrigado a todos do fundo do coração. Estamos juntos e misturados. Agora vou para casa comer uma galinhada", disse Pedro, ainda com dificuldade para falar, ao sair do hospital, em uma cadeira de rodas.
Pedro deixou o hospital por volta das 14h30 com uma camiseta feita pela mulher, Thaís Gebelein, com a frase em inglês "never, never give up" ("nunca, nunca desista", em português). "Foi um pedido dele", contou a assessora de imprensa da família, Ede Cury. Para evitar ansiedade, Thaís e a filha de Pedro, Maria Sophia, não foram ao hospital. "Elas vão esperar em outro lugar para encontrá-lo", disse a assessora.
Pai de Pedro Leonardo, o cantor Leonardo chegou ao hospital por volta das 13h50. "Meu coração hoje não está nem batendo, está apanhando! Foram 70 dias de muita turbulência, mas a fé foi muito forte. Hoje, relembrando o que passamos, foi um milagre o que aconteceu. Queria ter uma lista bem grande de todos que participaram, que contribuíram para que o Pedro pudesse sair praticamente sem sequelas", disse Leonardo, que também agradeceu aos bombeiros que fizeram o resgate do filho após o acidente.
"Quero agradecer aos bombeiros, que vieram o mais rápido possível e entubaram ele no chão mesmo. Já vendo que estava quase tudo perdido, entubaram ele com terra e tudo. Ao motorista da ambulância, que eu tive o prazer de conhecer, e aos médicos na chegada dele ao hospital, quando não tiveram dúvidas em operará-lo e salvá-lo", contou Leonardo.
Fisioterapia e sequelas
Segundo o médico de Pedro, Roberto Kalil, o cantor fará tratamento de fisioterapia e fonoaudiologia. "Ele passou por uma avaliação da equipe de neurologia. Pedro vai evoluir a cada dia e em poucos meses terá uma vida melhor. Nós continuamos o tratamento nos próximos seis meses com fisioterapia e fonoaudiologia, que são muito importantes nessa fase", disse o médico. "Daqui a quatro ou seis meses ele vai voltar a cantar. Se bem que ele já cantava nos corredores do hospital", contou Kalil.
Mais cedo, a assessora havia revelado que Pedro perdeu muito peso e ainda tem algumas sequelas, mas não quis antecipar de que tipo: "Foram 69 dias só neste hospital. Então, ele ainda está falando mais baixo, tem algumas sequelas por enquanto. Ele emagreceu 30 quilos também", disse Ede Cury.
O carinho de Thiago e dos fãs
Primo e parceiro de Pedro na dupla sertaneja, o cantor Thiago chegou ao hospital pouco antes das 13h e festejou o momento de alegria. "Muitas pessoas não acreditavam na recuperação dele. Estamos muito felizes. A recuperação vai ser muito boa, com a família", disse Thiago, que também comentou o "Parabéns" que cantou para o primo em seu recente show:
"Foi um parabéns muito especial, a gente sabe que ele não estava presente, mas essa é uma situação temporária. Estamos rezando bastante, agora ele vai ter uma recuperação ótima, logo ele estará de volta nos palcos. Hoje é dia de festa, vai ter galinhada, vai ter de tudo!"
 A movimentação no hospital começou cedo, com a chegada da assessora e de um grupo de fãs, que venceram o frio para esperar por ele. Hoje é dia de festa", disse Ede.
A assessora revelou que Pedro já estava ciente da alta, mas que não tinha ideia da comoção que o caso gerou em todo o país. De acordo com a assessora, ele só tinha dito que queria comer galinhada: "Ele falou que tinha quer ser com as galinhas de Goiás [que vieram congeladas]. A irmã dele, Mariana, já trouxe as galinhas que a avó mandou de Goiás para fazer" comentou Ede, rindo.

Padre Antônio Maria (Foto: Iwi Onodera / EGO)Padre Antônio Maria acompanha alta de
Pedro Leonardo (Foto: Iwi Onodera / EGO)
Padre celebra 'renascimento'
Quem também foi acompanhar a alta de Pedro foi o Padre Antonio Maria, que subiu ao quarto do cantor para celebrar o "renascimento" após o acidente. "Vamos renovar o batizado. Vou ao quarto dele agora, vamos orar juntos e eu vou abençoá-lo. Ele já é batizado, mas vamos fazer essa renovação para essa nova vida dele. Pedro é um nome forte, pedra, que todos sejamos Pedro neste momento", disse o padre ao chegar ao hospital.
Relembre o acidente
Na madrugada do dia 20 de abril, Pedro voltava de um show em Uberlândia, em Minas Gerais, onde se apresentou ao lado do primo Thiago, quando perdeu o controle e capotou o seu carro na BR-452, entre os municípios de Tupaciguara e Araporã, no estado de Minas Gerais, perto da fronteira com Goiás. O cantor foi socorrido e internado no Hospital Municipal Modesto da Silveira de Itumbiara, Goiás, onde no mesmo dia foi submetido a uma cirurgia para conter uma hemorragia abdominal, além de ter sido diagnosticado com um leve traumatismo craniano.
 No dia 26, Pedro foi transferido de avião para o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde permaneceu até esta segunda-feira, 9.
Recuperação
Logo após o acidente, Pedro Leonardo sofreu uma parada cardíaca na madrugada do dia 23 de abril e entrou em um coma profundo que durou um mês. Quando acordou, no dia 20 de maio, ele falou "Oi, mãe'" e, perguntado pelos médicos qual era o nome de seu pai, ele respondeu, com um largo sorriso: "Leonardo".
Pedro Leonardo com a esposa e a filha (Foto: Facebook / Reprodução)Pedro Leonardo com a esposa e a filha
(Foto: Facebook / Reprodução)
No dia 22 de maio, o cantor passou por uma cirurgia para corrigir uma fratura no fêmur, que foi realizada com sucesso.  Dez dias depois, Pedro deixou a Unidade de Terapia Intensiva e foi transferido para o quarto, onde passou a receber visitas de amigos e até ganhou uma festinha por seu aniversário de 25 anos, comemorado no dia 29 de junho.
No último domingo, 1, o "Fantástico" divulgou a primeira foto de Pedro depois do acidente. A imagem, tirada um dia após a festa de aniversário em que ele matou a saudade da filha, Sofia, mostrou o filho de Leonardo mais magro e sorridente.
...................................................................................................................................................................

Leonardo não esconde a emoção em buscar Pedro no hospital


Estou muito feliz, foram dias de muita turbulência, mas a fé foi muito forte’, declarou Leonardo ao chegar no hospital Sírio Libanês, em São Paulo


O cantor sertanejo Leonardo (48), pai de Pedro Leonardo (25), chegou ao hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para buscar o herdeiro, que receberá alta médica depois de oitenta e um dias internado, e mostrou estar realmente emocionado em poder ver o filho sendo liberado pela equipe médica.
“Meu coração hoje não está nem batendo, está apanhando. Estou muito feliz. Foram dias de muita turbulência, mas a fé foi muito forte. Hoje, lembrando do que nós passamos, realmente foi um milagre o que aconteceu”, declarou ele na entrada do local.
Leonardo ainda aproveitou a oportunidade para agradecer todos aqueles que ajudaram na recuperação de Pedro, desde o início desse período de angústia em sua vida. “Eu queria ter uma lista bem grande com o nome de todos aqueles que participaram. Essa caminhada foi feita de muitos detalhes, de muita gente que contribuiu para que o Pedro pudesse sair praticamente sem sequelas. Para mim, só sobrou mesmo a alegria”, disse.
“Eu quero agradecer primeiramente a Deus e também desde o primeiro telefonema que foi dado para o corpo de bombeiros, o cara que chegou, viu ele e telefonou aos bombeiros, que ‘entubaram’ ele ali no chão mesmo, quase com terra e tudo. Queria agradecer também ao motorista da ambulância, aos médicos na chegada ao hospital, que não tiveram dúvidas de operar e salvar o Pedro. Agradecer ao hospital de Goiânia, ao piloto do jato que trouxe meu filho à São Paulo, a polícia de Goiânia, que abriu o trânsito, e a polícia de São Paulo. Agradecer ao Sírio Libanês, com essa equipe tão forte e capacitada e a vocês da imprensa”, acrescentou.




...................................................................................................................................................................

Cantor Pedro Leonardo deixa hospital 



em São Paulo


Jovem ficou internado por mais de dois meses no Sírio-Libanês.
Ele sofreu grave acidente de carro na divisa entre Minas Gerais e Goiás.

Do G1 SP
32 comentários
 O cantor Pedro Leonardo, de 25 anos, teve alta e deixou na tarde desta segunda-feira (9) o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O jovem ficou mais de dois meses internado no centro médico paulistano, onde se recuperou de um grave acidente de carro ocorrido em 20 de abril.
"Muito obrigado, gente. Muito obrigado por tudo mesmo. Obrigado pelas orações, estamos junto e misturados, obrigado pelo carinho. Valeu. Estamos juntos", disse o cantor ao deixar o hospital. "Vamos para rua agora, vou comer uma galinhada agora, certeza", disse.  "Agora vamos para casa", disse o pai, Leonardo". "Vamos", respondeu Pedro. Ele vestia uma camiseta azul com uma frase escrita em branco: "Never never give up" (nunca  desistir, em inglês).
Pedro ganha beijo do pai e do primo ao deixar o hospital nesta segunda (9). (Foto: Caio Kenji/G1)Pedro ganha beijo do pai e do primo ao deixar o hospital nesta segunda (9). (Foto: Caio Kenji/G1)
O médico do cantor,  Roberto Kalil Filho, falou à imprensa e disse que Pedro deverá voltar à vida normal dentro de seis meses.
“Não há problemas na fala, a consciência está preservada e ele caminha”, resumiu o médico responsável pela equipe que atendeu o filho do cantor Leonardo. “Nós acreditamos que, nos próximos seis meses, ele vai retomar a vida normal”, apontou Kalil.
Segundo o médico, Pedro queria ter deixado o hospital em pé. “Ele queria sair andando, mas, por cautela, preferimos a cadeira de rodas”, contou Kalil.“Graças aos outros serviços, ele chegou aqui. Se não tivesse isso, ele com certeza não estaria neste hospital”, agradeceu Kalil.
Thiago, Leonardo e fãs
Mais cedo, o primo e dupla de Pedro, Thiago, falou sobre a recuperação dele. "Para quem não acredita em milagre, está aí um milagre", disse.. "Vamos comemorar e agradecer a Deus. É muita emoção."
 O pai do cantor também foi ao hospital. "Queremos agradecer a Deus, agradecer desde o primeiro telefonema que foi dado ao Corpo de Bombeiros", disse Leonardo.
"Agradecer aos bombeiros que o entubaram ali no chão, ao motorista da ambulância, que tive o prazer de conhecer, aos médicos que operaram o Pedro. Eu chegando lá em Itumbiara para conversar com os médicos vieram aqueles meninos novinhos da idade do Pedro. Foram eles que salvaram meu filho", disse.
Fãs chegaram cedo para poder ver o ídolo. De Taubaté (SP), a diarista Mirian Roncon, de 48 anos, disse que rezou muito pela recuperação do ídolo. "Ele é de uma humildade muito grande", contou. "Eu já fui ao camarim depois de um show e tanto ele como o Thiago são muito bons."
Também de Taubaté, o porteiro Stenil Moreno, de 29 anos, estava de campana na porta do Sírio. Ele saiu de sua cidade com amigos só para ver a saída do cantor. "É tão feliz quanto a conquista do Corinthians", disse, referindo-se ao título da Taça Libertadores da América, também comemorado por Pedro, fanático pelo time. "Se não fosse um hospital, a gente soltava rojão."
O cantor deve  realizar seu primeiro desejo, o de comer uma “galinhada” preparada por sua mãe, segundo a assessora de imprensa de Leonardo, Ede Cury. Segundo ela, por questões de segurança não será divulgado o local para onde pai e filho irão.
O acidente
No dia do acidente, o jovem voltava sozinho de um show que havia feito com o primo e companheiro musical Thiago em Uberlândia, Minas Gerais, quando perdeu o controle de seu carro. O veículo capotou na rodovia MGC-452, próximo à cidade de Tupaciguara, na divisa com Goiás.
Uma equipe do Samu de Itumbiara, em Goiás, socorreu o cantor e o levou a um hospital público da cidade. Ele foi colocado em coma induzido por causa da gravidade de seu estado de saúde. O diretor do Hospital Municipal de Itumbiara, Ernande Oliveira Rodrigues, explicou que o jovem teve politraumatismo na cabeça, que resultou em um pequeno edema cerebral. Pedro também sofreu uma fratura no fêmur esquerdo, que só foi corrigida no fim de maio.
O pai de Pedro, o também cantor Leonardo, soube do acidente pela mulher. “Ela falou: ‘Tenho um negócio muito ruim para te falar. O Pedro sofreu um acidente’. Botei um short, um chinelo, uma camiseta e desci para a sala. Liguei a televisão e comecei a andar na esteira. Eu meio doido, meio confuso, andando devagarzinho. E olhando a televisão e de repente falou do acidente. Aí que me toquei da gravidade que foi o acidente”, disse em entrevista ao Fantástico.
Após Pedro sofrer duas paradas cardíacas, uma delas de seis minutos, Leonardo decidiu pela transferência, o mais rápido possível, do filho para um hospital com mais recursos em São Paulo. O medo, porém, persistia. “Ele poderia morrer na viagem”, afirmou Leonardo.















Nenhum comentário:

Postar um comentário